Super Banner

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Conhecendo Galway - Por Thaize Baroni - Por Onde Fui

No Por Onde Fui de hoje temos mais um relato bacana da Irlanda, tivemos a Laima Zizas contando sobre Dublin e agora temos Thaize Baroni, contando como é viver em Galway e o que tem de bom por lá. Mande seu texto também.

Por Thaize Baroni

Conhecendo Galway- Por Thaize Baroni

Galway é a quarta maior cidade da Irlanda e se localiza na província de Connacht no Condado de Galway. Se você olhar no mapa, pode ver que a cidade fica exatamente na direção oposta de Dublin, há aproximadamente 2:30h de viagem. De dentro do aeroporto de Dublin você consegue pegar um ônibus que vai direto pra Galway, sem parar. O idioma oficial da cidade é o inglês, mas você consegue ouvir algumas pessoas, principalmente os mais velhos falando um pouco de irlandês também. Além disso, possui 3 Universidades que recebem alunos do mundo inteiro, por isso, também é bastante comum, ao andar pelas ruas da cidade, você escutar diversas línguas! 

Se você estiver vindo pra Galway, para passear, e ainda não tem onde ficar, ou esta preocupado em achar acomodação por aqui, não se preocupe! As estacoes de ônibus e de trem ficam no centro de Galway! Ao desembarcar, você já cai logo na Eyre Square, que é a praça principal da cidade. Dessa praça, saem ônibus (municipais) para a cidade inteira (€1.90 a passagem), além de ter pontos de taxi e também pontos de informação (Tourist Information ou Tourist Office) onde você pode pedir qualquer tipo ajuda!

Eyre Square vista do Imperial Hotel - Reprodução Imperial Hotel

Além disso, nessa região (do centro) você ainda consegue encontrar vários Hostels e Hotéis. Para aqueles que não querem gastar muito com hospedagem, os Hostels são a melhor opção! Você consegue achar uma diária em um hostel no centro da cidade por uns €14 euros mais ou menos, com café da manha incluso (Veja bem, o café da manha irlandês é bruto, sendo o equivalente a um almoço brasileiro: Salsicha, ovos, bacon, torrada, batata, feijão, cogumelos, chouriço, tomate e chá/café). Aqui na Irlanda, as pessoas não tem o costume de almoçar, como no Brasil. Aqui eles tomam esse café da manha super-reforçado (e nada saudável), comem qualquer coisa na hora do almoço, e de noite, jantam normalmente. 

Café da manha (hardcore) irlandês
A cidade de Galway é costeira e muito linda! Parece uma cidadezinha de filme! Embora seja a quarta maior do Pais, você ira perceber que é muito fácil andar por aqui e disfrutar de tudo o que a cidade tem a oferecer! Ainda na Eyre Square (pelo menos no verão, primavera e começo do outono) você consegue pegar um ônibus turístico que te leva pra conhecer os principais pontos da cidade por €10. No inverno, como o tempo é horrível, venta e chove o dia inteiro, esse ônibus não funciona. Saindo um pouco da Eyre Square, mas ainda no centro da cidade, você ira encontrar uma das ruas mais famosas de Galway, a Eyre Street ou como também é conhecida, Shop Street. Nessa rua você encontra de tudo: Lojas, restaurantes, farmácias, hostels e vaaaaarios Pubs, um deles inclusive, o The Kings Head, existe desde 1649.

The Kings Head e Shop Street
Perto da Shop Street você também pode visitar a St. Nicholas’ Collegiate Church, que é uma igrejinha em estilo medieval que existe desde de 1320. Ainda falando de igrejas, você pode conhecer também a Galway Cathedral, que é outro ponto turístico e bem popular da cidade.

St. Nicholas’ Church e Galway Cathedral
Como grande parte das cidades irlandesas, Galway também é cortada por um rio, o Corrib River. O rio Corrib vai desde o Lough Corrib ate a Galway Bay e passa ao lado de um dos principais pontos turísticos da cidade, o Spanich Arch ou Arco Espanhol. O Arco Espanhol foi construído em 1584 e era usado para proteger o porto de Galway.

Spanish Arch
Como eu mencionei anteriormente, a cidade de Galway é costeira, portanto obviamente, possui praias. Uma das praias mais famosas e mais visitadas de Galway fica em Sathill, um pouco mais afastado do centro.

Salthill Beach
Também como eu mencionei antes, Galway possui 3 Universidades, sendo a mais famosa delas (além de ser também a universidade em que eu estudo =P), a NUIG – National University of Ireland. A NUIG foi fundada em 1845 e também acaba sendo um ponto turístico da cidade principalmente por causa do Quadrangle Building. Hoje em dia, o Quadrangle Building é usado pela parte administrativa da Universidade e também é escritório do Presidente e Vice-Presidente. Nós, pobres alunos, temos aulas em prédios mais modernos, espalhados pelo campus =(.

NUIG, Quadrangle Building
Bom, isso tudo que eu mostrei ate agora pode ser visto na cidade de Galway, mas como eu mencionei antes, além da Cidade, nos temos também o Condado de Galway. No condado de Galway existem milhooooeeess de passeios turísticos que podem ser feitos e diversos lugares incríveis para visitar. Eu vou falar um pouco dos mais conhecidos e dos que eu que fui ate agora. Lembrando que todos esses passeios podem ser comprados em agencias de turismos espalhadas pela cidade. Nesses passeios, o motorista do ônibus acaba sendo o guia turístico, e vai explicando um pouco da historia do lugar que você esta indo conhecer. 

O primeiro lugar que eu visitei foram os Cliffs of Moher. Os Cliffs são a atração natural mais visitada da Irlanda, e meu Deus do Céu, possuem uma vista de tirar o folego. O lugar eh incrível! Possui um centro de visitação com umas lojinhas e uma espécie de museu que conta a historia do lugar além de explicar um pouco da formação geológica dos Cliffs através de painéis e também de uns filminhos.

Eles ficam a aproximadamente 40 minutos de Galway. Quando eu visitei os Cliffs, não fui por nenhuma agencia de turismo (embora seja possível ir). Eu fui com alguns amigos e nos compramos uma passagem de um ônibus que ia direto pra lá. A gente pegou o ônibus na Bus Station, no centro de Galway, e descemos nos Cliffs, fomos por conta própria, sem guia. Para quem quer visitar os Cliffs, eu acho essa a melhor opção.

Cliffs of Moher
Quando você compra o tour pelas agencias de turismo, você acaba tendo somente 2 horas para conhecer o lugar, e vai por mim, é praticamente impossível conhecer tudo em tão pouco tempo. Quando eu fui, cheguei mais ou menos umas 10h30min da manha e peguei o ônibus de volta umas 15h30min e eu não consegui andar por tudo. Além disso, cansei de procurar e não consegui encontrar o raio da Horcrux que esta escondida la! Hahahaha. Isso mesmo, os Cliffs foram usados como cenário do filme Harry Potter and the Half Blood Prince, na cena em que o Harry e o Dumbledore vão atrás da primeira Horcrux, do medalhão, que o tio Voldy escondeu por la =).

Va com tênis e roupa de caminhada porque você vai andar feito um camelo! Você também pode levar lanches e fazer um piquenique, o que eu super-recomendo!!! Sentar para comer, tendo uma vista e um cenário como aquele de fundo é uma experiência única na vida. Se você quer andar por tudo e esta indo com pessoas mais idosas, ou ate mesmo pessoas mais sedentárias uma dica: Largue eles para trás e vá sozinho companheiro/ra. Em determinados pontos do caminho a trilha fica bem estreita e você anda praticamente na beira do negocio, muitas pessoas acabam voltando por terem medo de passar ou por não conseguirem mesmo. Os Cliffs ficam abertos para a visitação praticamente o ano todo, e só fecham quando o tempo esta ruim, com chuva e vento muito forte, geralmente no inverno.

Outro ponto turístico bastante conhecido aqui de Galway é a Connemara. A Connemara é um distrito vizinho de Galway que possui diversas paisagens incríveis além de possuir um dos maiores castelos da Irlanda, o Kylemore Abbey. Quando você faz esse passeio com uma agencia de turismo, esse castelo acaba sendo o ponto principal do passeio. Esse castelo fica dentro de um parque, que possui o maior jardim vitoriano da Irlanda além de possuir também uma igreja gótica e um mausoléu. Eu fiz esse passeio por uma agencia de turismo, a Galway Tour Company, e, portanto descobri tudo sobre a historia do lugar pelo motorista do ônibus!

Quando você compra os passeios pela Galway T.C, como eu disse, os motoristas acabam sendo os guias turísticos e explicam absolutamente tudo do lugar. Eu fui com um motorista superrrrrr engraçado, o cara parecia uma enciclopédia e sabia a historia de tudo quanto era lugar. Aaaa tem isso também, quando você compra esses passeios pelas agencias, pelo menos pela GTC, você não conhece somente um lugar. No caminho, tanto de ida quanto de volta, o motorista vai parando, contando historias e mostrando monastérios abandonados, casas, igrejas, vilas ou ate mesmo pontos com paisagens naturais incríveis.

Eu sai de Galway as 10h da manha e voltei as 18h30min da tarde. No Kylemore Abbey mesmo, você só tem 2 horas para ficar. Aaaa outra coisa, quando você compra o passeio para a Connemara, esta incluso tudo o que eu falei: essas paradinhas pelo caminho e a chegada ate o Kylemore Abbey (esse pacote, se eu não me engano custa € 17). POREM, para entrar no parque, no Kylemore Abbey, você tem que pagar mais € 8. Dentro do parque você pode entrar no castelo, andar pelo jardim, na igreja, no mausoléu, enfim, são € 8 euros muito bem gastos meu amigo! A historia do lugar eh muiiito linda, mas eu não vou contar aqui para não dar spoiler =P.

Kylemore Abbey, Connemara
Outro lugar que eu conheci também foram as Aran Islands. Aran Island são um grupo de 3 ilhas localizadas na Baia de Galway, “próximas” aos Cliffs. As três ilhas são: Inishmore, Inishmann e Inisherr. Eu conheci somente a maior delas, a Inishmore. Para chegar ate as ilhas você anda uns 30 minutos de ônibus (saindo de Galway) mais uns 40 min de Barco. Quando você compra o passeio, ambas as passagens, tanto do ônibus quanto do barco, estão inclusas. Bom, as ilhas, assim como toda a Irlanda, possuem uma paisagem incrível.

No verão, as pessoas vão para la, alugam uma bicicleta e passam o dia todo andando pela ilha, conhecendo os vários pontos turísticos que ela possui. Eu fui no final de outubro, e o tempo já estava uma porcaria: Choveu, ventou e fez frio. Não deu para alugar bicicleta, e por causa da chuva, tivemos que pegar um onibuszinho para conhecer a ilha toda. O motorista do ônibus, assim como todo bom irlandês, era super simpático, e também muito engraçado e foi parando em todos os pontos turísticos explicando a historia de cada um deles.

No fim das contas, mesmo com o tempo ruim, conseguimos aproveitar bastante o lugar! A ilha possui restaurantes e pubs, mas os preços já são mais salgados, então uma boa dica é levar aquele lanche esperto e fazer um piquenique por la também! =P. E fica ligado com o horário para não perder o barco de volta, senão você vai ter que passar a noite por la, e assim como os restaurantes, os hostels também são um pouco mais caros.

Aran Island, Inishmore – Dun Aonghasa – Dun Aengus
A Irlanda é um pais incrível! Papai do céu foi beeeeeeeeeeeem generoso com esse lugar! Você não vê um lugar feio por aqui. Nada! Para todo canto que você olha, só tem coisa bonita, lugares lindos e incríveis! Cada rua, de cada cidade, cada canto, é lindo! Pode apostar! Os irlandeses também são suuuuper receptivos e simpáticos! Estão sempre dispostos a te ajudar no que precisar!

O único problema desse Pais é o Clima! Nos meses de verão as temperaturas são mais amenas e oscilam entre 15 e 20 (em dias mais extremos os termômetros podem chegar aos 26, 27 graus), já no inverno, a temperatura varia entre -2 a 5. Ok ate ae tudo bem, a temperatura nem chega a ser um grande problema assim. O que pega é a Chuva e o Vento. Chove praticamente o ano todo aqui e o vento não da trégua. Nos meses mais frios inclusive ele pode derrubar a sensação térmica pra -15 graus!

O que Deus foi de generoso com a beleza natural do Pais, ele foi de carrasco com o clima. Dias nublados e chuvosos, com garoa, é o que você mais vê por aqui, principalmente no outono e no inverno. No verão, mesmo com temperaturas mais “quentes” a chuva também não da muita trégua, mas pelo menos você consegue ver a cara do sol. Veja bem, para mim que sou de São Paulo, o “quente” irlandês é sinônimo de ameno, portanto mesmo no fim do verão (quando eu cheguei) não fiquei sem blusa de frio nenhum dia.

Mas enfim, a dica para quem quer conhecer Galway e a Irlanda como um todo é: Venha se puder, no verão ou na primavera, chove menos e você consegue aproveitar mais! (No inverno, o dia clareia as 08h30min e quando chega 16h30minh já esta tudo escuro de novo). Lugares incríveis para você conhecer e coisas para fazer eh o que não vai faltar =).

As estações na Irlanda