Super Banner

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Como Tirar Boas Fotos Do Céu

Como nós do Por Onde Vamos adoramos tirar fotos, sempre estamos indo atras de uma técnica nova, ou uma regulagem de câmera que possa deixar as imagens que queremos da maneira que esperamos. A ideia deste guia/tutorial é facilitar a vida de quem quer tirar fotos do céu, mais especificamente de estrelas e astros, pois sabemos que muita gente adoraria aprender a tirar este tipo de fotografia porém não sabe nem como começar. Então vamos lá:

Topo do Morro Pelado em Águas de Lindóia - Nikon D3200 f 3.5 18 seg

Para acompanhar este tutorial você precisará entender rapidamente alguns parâmetros básicos da fotografia, como a exposição e o ISO. São conceitos que não exploraremos muito para não tornar as coisas complicadas.

Exposição: É o período no qual a câmera esta tirando foto, ou seja, é o tempo em que o obturador fica aberto recebendo luz. A exposição pode ser bem aproveitada dependendo da fotografia que se deseja tirar. Se você quer uma foto de um jogo de futebol, deve usar velocidades baixas, mais altas que 1/200 s, para assim não haver nenhum tipo de arrasto e não transformar um jogador em um espectro (haha). Para lugares fechados ou com pouca iluminação o ideal são velocidades mais altas como 1/60 s para conseguir uma boa fotometria. Se a sua câmera não possuir modos manuais, como velocidade ou abertura, não se preocupe que a câmera já faz tudo isso por você. A variação neste tempo em geral é de 1/4000 s até 60 segundos.

Lua quase cheia, os pontinhos brancos são efeitos do ISO mas causaram um bom efeito na foto - Nikon D3200 f5.6 200 mm
ISO: Toda câmera digital esta sujeita a ele. Traduzindo em miúdos, o ISO nada mais é do que a sensibilidade do sensor que absorve a luz. Ao aumentar-lo temos imagens mais claras e iluminadas, porém isto tem um preço, pois níveis altos geram ruído (aquela granulação que vemos nas fotos). O ISO é bem útil em situações de pouca luz, como ambientes fechados e de noite. A escala do ISO é basicamente o dobro do valor anterior, então temos 100, 200, 400, 800, 1600, 3200, 6400 e assim por diante. Câmeras melhores e com sensores maiores conseguem trabalhar com níveis altos de ISO com pouca granulação, porém celulares e pequenas câmeras sofrem muito com este efeito.

Mas porque diabos eu tenho que saber isto para tirar fotos do céu a noite?

A resposta para esta pergunta esta nas estrelas. Elas possuem iluminação, porém é muito fraquinha e para que a câmera possa enxerga-las é necessário que entre muita luz no obturador e assim definir bem aquele ponto luminoso no céu. Para isto precisamos utilizar a exposições mais longas, acima de 2 segundos. O ISO entra na parte da granulação, há muita escuridão, ele tentará tornar as coisas mais claras, porém trará muito ruído e dificultará a diferenciação das estrelas em relação ao fundo.

Agora com o básico na mão, vamos a parte prática. Vamos dividir esta seção pelo tipo de fotografia que se quer tirar, afinal não são todas as câmeras que conseguem tirar todos os tipos.

Fotos da Lua:

Tipos de câmera que conseguem tirar fotos: Celulares, câmeras pequenas (point and click)
Tipos de câmera ideal: DSLR (reflex) e Mirrorless com lentes a partir de 200 mm e Superzoom

A Lua é um dos principais destinos do foco dos entusiastas da fotografia noturna e para captura-la em uma boa definição é necessário que você se aproxime muito! O ideal é dar muito zoom, o suficiente para preencher todo o visor da câmera, mas para isso você precisará de uma lente muito grande e que normalmente é bem cara, mas uma superzoom pode fazer muita coisa com um preço infinitamente melhor.
Lua clicada com uma Panasonic Lumix FZ47 em modo automático

Quanto a configurações, é possível tirar boas fotos mesmo em um modo automático, pois a Lua possui muita luz, podendo tirar fotografias em velocidades de até 1/200 s. Lembrando dos conceitos de exposição e ISO, para tirar boas fotos do astro use velocidade alta e ISO 400. Lógico que as configurações dependem de outros fatores e de cada câmera, mas pra facilitar é velocidade alta e ISO médio certo?

Fotos do céu estrelado:

Tipos de câmera que conseguem tirar fotos: Superzoom
Tipos de câmera ideal: DSLR (reflex) e Mirrorless com lentes entre 10 e 50 mm

Como fazer para pegar tantas estrelas e tantos detalhes? A resposta é fácil, exposição. Para quem deseja tirar este tipo de fotografia saiba que o ideal câmera que você possa utilizar o modo manual, afinal há vários tipos de acertos possíveis. Se você possui uma superzoom, normalmente essas câmeras possuem modos automáticos para este tipo de acerto, mas é possível faze-los em parte na mão. Usando as DSLR é possível utilizar lentes que permitam capturar mais tempo a imagem e assim consequentemente mais estrelas.

Céu em Santo Antônio do Pinhal - Nikon D3200 f1.8 50mm 6 seg

Mas ai vem um pensamento, estamos na Terra, na superfície e as estrelas lá no infinito, então elas ficam paradinhas lá para usarmos a exposição que quisermos certo? Errado! A Terra esta girando em relação às estrelas, devagar mas esta, logo o que acontecerá é que veremos um efeito de rastro caso se utilize muito tempo de exposição. Para descobrir quanto tempo você poderá utilizar para tirar suas fotos há uma formula bem simples:

Tempo de Exposição = 600/distancia focal * fator de corte

OBS 1: Se sua câmera não for DSLR ou Mirrorless ignore o termo fator de corte
OBS 2: Distancia focal são os milímetros da lente, caso não esteja escrito consulte o manual de sua câmera
Santo Antônio do Pinhal - Nikon D3200 f 3.5 18 seg

Esta é a famosa Regra dos 600, por exemplo, tendo uma lente de 10 mm o máximo de tempo que conseguirá tirar uma fotografia sem arrasto será de 60 segundos (o que já é muita coisa)

Exemplo bem executado de arrasto com a luz das estrelas
Resumindo, para conseguir tirar aquela bela foto você deve seguir a regra dos 600, utilizar a maior abertura que sua câmera permitir e sempre utilizar um tripé, não importando o tamanho, mesmo se for um de bolso. Quanto ao ISO, o ideal é usar valores baixos, entre 100 e 400 para assim não gerar muita granulação e estragar sua pintura né?

Santo Antônio do Pinhal - Nikon D3200 f 1.8 50 mm 6 seg

Este foi nosso guia tutorial para ajudar com suas fotos noturnas, lembrando que este é um guia bem simplificado e que conceitos muito complexos podem confundir os iniciantes e dificultar o aprendizado, então desculpem-nos a linguagem "for dummies".

Deixem seus comentários e dicas para assim ajudar a todos a tirarem boas fotos!