Super Banner

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Como Tirar Fotos de Raios

Como adoramos fotografia e fazemos disto um hobby em nossas viagens por onde vamos, sempre queremos ajudar nossos leitores a evoluir nesta arte fantástica. No guia de hoje vamos passar algumas dicas de como fotografar raios, este evento extremo da natureza que nos proporciona imagens fantásticas e que muita gente gostaria de conseguir clicar e não sabe como fazer.

Raio clicado em São Paulo - Nikon D3200 18 mm f10 8 s ISO 200
Para conseguir este feito, você precisará de uma câmera, seja ela de celular ou uma mais invocada como uma DSLR (que consegue trocar lente), desde que ela consiga fazer fotos com tempo de exposição regulável, além de um tripé de qualquer tamanho, pode ser até daqueles bem pititicos. Além da câmera precisaremos entender o que é efetivamente é este raio de tempo de exposição (trocadilho hein!).

Tempo de Exposição: é o tempo efetivo que o sensor da câmera irá captar a luz e consequentemente formar uma imagem. Este período de tempo em geral vária de 1/4000 s até 60 segundos. Quanto maior a velocidade menos luz entra, quando menor a velocidade (tempo maior) mais luz entra na câmera. Pensando de maneira diferente, quanto maior o tempo mais "congelada" a foto, quanto menor mais borrada ela ficará.

Tendo explicado isto vamos para a parte prática!

Espere acontecer uma tempestade daquelas, isto vai exigir paciência, ainda mais neste ano que não estamos tendo muitos períodos de chuva intensa. Quando notar que começaram a cair raios numa frequência de 5 por minuto mais ou menos (é uma estimativa certo?) e numa região meio constante no céu, pegue todas as suas tralhas fotográficas e vá para a guerra! Frustrações são normais e recorrentes, você perderá muito mais raios do que conseguirá fotografar.

Fotografando com câmeras superzoom, DSLR e Mirrorless

Após posicionar sua câmera para o alvo da tempestade, tire todo o zoom pois assim você terá uma área maior (ou ângulo maior) aumentando suas chances de pegar uma descarga elétrica, depois você recorta os raios no Photoshop ou similar. Coloque sua câmera no modo manual, pode ser no modo de velocidade se houver (Letra "S" na rodinha da câmera) e ajuste de maneira que fique acima de 1 segundo e não muito mais do que 8 segundos.

Raio clicado em São Paulo - Nikon D3200 18 mm f10 8 s ISO 200
Em seguida regule seu fotometro (aquela reguinha que mostra se esta muito escuro ou muito claro) para que fique menor do que zero, isto é porque o raio tem muita luz, muita mesmo, caso não esteja escuro o restante do ambiente ele não sairá bem contrastado. Você pode testar diferentes níveis para chegar no efeito que quer.

Raio clicado em São Paulo - Nikon D3200 18 mm f10 8 s ISO 200
A partir daí é pura sorte, dispare sua câmera inúmeras vezes até capturar um. As vantagens de se usar uma exposição mais alta é que tem maiores chances de capturar mais de um raio ou mesmo não pegar os intervalos entre raios, porém sua câmera irá sofrer mais para processar a foto, fazendo assim com que perca vários outros raios que estão caindo por ai :(. Usando uma exposição mais curta, a partir de 1 segundo, você elimina quase totalmente o problema do processamento, mas caí naquela situação de pegar muitos intervalos de raios. Isto é gosto, eu prefiro exposições de 8 segundos e me proporcionou resultados ótimos.

Raio clicado em São Paulo - Nikon D3200 18 mm f10 8 s ISO 200
Fotografando com celulares

Há uma maneira de fotografar raios com o celular utilizando os mesmos princípios citados acima. Hoje em dia os smartphones possuem uma capacidade de tirar dezenas de fotos por minuto, alguns centenas até. Aproveite-se disto, aponte a câmera para a tempestade e segure o dedo no clique até pegar vários raios. 

Exemplo de imagem estourada. Raio clicado com um Iphone 4S
O resultado em geral não é fantástico, pois o celular não consegue regular bem as situações com muita luz e pode acabar estourando a imagem. Mas é possível sim e dependendo do ajuste da pra ficar muito bacanas as fotos!

Este foi nosso guia de como tirar fotografias de raios e é sempre bom relembrar que raios são perigosos então nada de tirar fotos em campo aberto no meio de uma tempestade pois pode ocorrer um acidente fatal! Proteja-se adequadamente para que possa desfrutar deste show da natureza!