Super Banner

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Por Onde Fui: O que conhecer em Moscou - Por Vera Gers

E no Por Onde Fui de hoje temos Vera Gers contando as experiencias e lugares bacanas para se conhecer em Moscou - Rússia

Por Vera Gers

O que conhecer em Moscou!

Todos conhecem Moscou pelos seus famosos pontos turísticos, como a Praça Vermelha, Catedral de São Basílio e Catedral de Cristo Salvador. As famosas ruas: Nova Arbat, Tverskaya, Velha Arbat. Sim, são lugares lindos e devem ser visitados, mas, talvez, não representam a verdadeira Moscou.

Rio Moscou
Muitos esquecem que as ruas do centro de Moscou abrigam casas de escritores, arquitetos e artistas russos, cheio de vielas, vale muito a pena perambular pelo centro que mantém sua antiga arquitetura e está sendo restaurado.

As pessoas que gostam de bares, baladas devem, obrigatoriamente, passar pelo bairro Kitay Gorod (China Town) que, de chinês, não possui nada. Você pode encontrar por lá, bares, baladas para todos os estilos. O bairro também abriga uma das minhas livrarias favoritas, a Biblio Globus, além de sebos e lojas de discos de vinil. É o centro da cultura alternativa em Moscou.

A ida ao teatro seja para assistir uma peça ou ballet, é obrigatória. Recomendo aqueles que entendem um pouco de russo ir ao teatro, mas os bilhetes devem ser comprados pelo menos um mês antes, pois são muito concorridos. Para ver peças: Teatro Sovremenik. Para Ballet: sempre o Bolshoi.

Eu (esquerda) no Restaurante Sixty
No mais, a cidade vem mudando muito, é a mistura da cultura oriental e ocidental, uma mistura entre o novo e o antigo. O centro empresarial de Moscou, Moscou City, abriga prédios gigantescos com uma arquitetura moderna e tecnológica, todos interligados entre si por galerias e centros comerciais. Vale a visita ao restaurante Sixty, onde além dos pratos típicos russos, você também tem um cardápio da culinária contemporânea e fica no 63º andar de um dos prédios da Moscou City, com vista para toda cidade.

Área externa do Museu Bunker 42

Aos apaixonados pela guerra fria: Bunker 42 e Museu de Tanques. O Museu Bunker 42 permite que você desça 65 metros ficando no nível da Estação Taganskaya do metrô, lá é possível entender o funcionamento do Bunker, bem como participar de uma simulação de um ataque nuclear. Além de tudo, o museu fica no centro da cidade há menos de 300 metros do metrô.


O Museu de Tanques fica há 60Km de Moscou, mas, apesar da distância, ele abriga uma acervo de tanques soviéticos, americanos, alemães, holandeses, chineses, japoneses e canadenses. É possível observar toda evolução da tecnologia militar.

Catedral de Cristo Salvador
Enfim, Moscou, tem uma vida cultural tão diversificada que, por mais que eu tenha viajado diversas vezes, ainda não consegui conhecer tudo.

Lembrando que a melhor época do ano para viajar é o verão, pois é possível aproveitar a programação cultural oferecida pelos parques, como cinema ao ar livre ou shows e se locomover mais confortavelmente (sem neve ou chuva). Transporte: metrô. Moscou tem o pior trânsito do mundo.










Deixo os links para os lugares legais para ir (alguns estão em russo, usar o tradutor do Google ajuda bastante!)

Livraria Biblio Globus: http://www.biblio-globus.ru/


Museu Bunker 42: http://www.bunker42.com/en/

Museu de Tanques: http://www.tankmuseum.ru/

Teatro Sovremenik: http://www.sovremennik.ru/

Teatro Bolshoi: http://www.bolshoi.ru/en/